Legado Puritano
Quando a Piedade Tinha o Poder
Áudios
Deus Requer Santificação aos Cristãos 81
Data: 15/04/2022
Créditos:
Texto: Silvio Dutra
Voz: Silvio Dutra

 

"5 Porque os que se inclinam para a carne cogitam das coisas da carne; mas os que se inclinam para o Espírito, das coisas do Espírito.

6 Porque o pendor da carne dá para a morte, mas o do Espírito, para a vida e paz.

7 Por isso, o pendor da carne é inimizade contra Deus, pois não está sujeito à lei de Deus, nem mesmo pode estar.

8 Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus.

9 Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se, de fato, o Espírito de Deus habita em vós. E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele." (Romanos 8.5-9)

 

Se sem santificação ninguém verá o Senhor (Hb 12.14). Se alguém não nascer da água e do Espírito Santo ele não poderá entrar no reino de Deus (João 3.5). E se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele (Rom 8.9). Importa então sabermos o que é estarmos santificados, uma vez que é a única evidência de que pertencemos de fato a Cristo e que somos salvos.

É comum que se pense que a santificação tenha algo a ver com a posse de um temperamento calmo e pacífico, mas deve ser ponderado, quando vemos alguém que não injuria quando é injuriado, e dotado de grande paciência para suportar ofensas, sem murmurar ou retrucar, por uma índole pacífica que o leva a manter-se tranquilo diante das maiores provocações, isto não seria ainda um sinal evidente de ser tal pessoa santicada, pois apesar de tudo isto, devem também ser investigadas outras evidências que atestam uma real santificação, como por exemplo:

1 - Ele crê em Cristo, nasceu de novo do Espírito e anda no Espírito?

2 - Ele tem a Palavra de Deus como sua única regra de fé e de prática, e nela medita com perseverança?

3 - Ele tem adquirido uma mente renovada, segundo a Palavra e aplicação da mesma pelo Espírito Santo?

Onde uma ou mais destas evidências estiver faltando, as demais também faltarão, pois são realidades intercorrentes, uma vez que não se pode ter a habitação do Espírito Santo sem ter crido em Cristo; e não se pode crer em Cristo sem ser atraído a Ele pelo Espírito. Não se pode ter a Palavra de Deus como regra de vida e amá-la, sem o mover e instrução do Espírito Santo. E não se pode ter o mover e instrução do Espírito Santo sem que se medite na Palavra. E também não é possível ter uma mente renovada, transformada, sem a aplicação da Palavra pelo Espírito Santo, assim como não se pode ter o mover e instrução do Espírito Santo, sem uma mente renovada. 

É somente onde estiver presente a concorrência simultânea destes fatores apontados que se pode ter a certeza de que há uma real santificação.

 

Se nós não somos constantes em todos os atos de obediência, nenhum deles jamais será fácil para nós.

Vamos tomar cuidado para não nos enganarmos, como se isso fosse suficiente para a santidade do evangelho que ocasionalmente temos bons propósitos de deixar o pecado e viver para Deus - exceto quando algo fora do comum pressiona sobre nós com os efeitos que esses bons propósitos produzirão. Aflições, doenças, problemas, um sentimento de grande culpa, medo da morte e assim por diante, geralmente produzem este estado de espírito. E embora seja o mais distante de qualquer pretensa obediência evangélica, não pode deixar de dar uma advertência contra ela, pois é pelo que muitos homens se iludem para a ruína eterna.

 


 

Enviado por Silvio Dutra em 28/01/2022
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras