Legado Puritano
Quando a Piedade Tinha o Poder
Textos
 
Devo Usar Bem a Vida
 
 


Eu devo usar bem a vida, porque cada momento é muito precioso - os minutos e as horas da vida são como o pó do ouro que o ourives tão cuidadosamente reúne, para que nada se perca.
"Eu perdi um dia!"
Foi o pesaroso lamento de quem aprendeu o valor real do tempo. Se eu perder minha vida terei apenas de culpar a mim mesmo, que sou pobre, perdido, e arruinado para sempre.
O trabalhador trabalha duro, cedo e tarde na época da semeadura e da colheita - e a vida é ao mesmo tempo uma coisa e outra.

Agora posso semear a boa semente; a semente celestial, que a partir de agora, me proporcionará um rico crescimento de bênçãos. Se eu semear no Espírito a semente de orações sinceras, pensamentos santos, palavras faladas do bom tesouro de um coração renovado, atos e ações justos e amorosos, esforços para fazer todo o bem em meu poder para todos ao redor, então eu devo ceifar de acordo como semeei.
E, sendo salvo apenas pelo mérito de meu Salvador, eu também receberei através de Sua graça, uma coroa de glória sem fim.
Mas, a vida também é meu tempo de colheita; eu posso me reunir em feixes para o celeiro do Grande Jardineiro, bem como posso ganhar almas para Cristo; e toda alma salva trará uma honra muito maior do que a de qualquer sucesso terreno.
A vida é muito preciosa e não me atrevo, nem a jogarei fora!
 
Eu também devo usar bem a vida, porque ela logo terminará. Meus dias e anos serão gastos em breve, e não conseguirei me lembrar deles. Minha vida é apenas uma sombra, apenas um vapor que aparece por um tempo e desaparece - mesmo se eu for poupado para a plena idade do homem, comparado com a longa vida que me espera no futuro, minha vida aqui é apenas como um momento.
“Deste aos meus dias o comprimento de alguns palmos; à tua presença, o prazo da minha vida é nada. Na verdade, todo homem, por mais firme que esteja, é pura vaidade." [Sl 39: 5]
 
Deixe-se esforçar então, para lembrar-se de quão cedo a vida terá desaparecido, e tenha muito cuidado para usar bem cada momento precioso.
Se eu tivesse um pequeno balde de água, e nada mais pudesse ser obtido; com que cuidado eu observaria que nada fosse desperdiçado!
Eu consideraria cada gota, como de grande valor - essa é a minha vida, é tudo que tenho, portanto não devo perder, nem desperdiçar nenhum tempo.
"Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos  coração sábio." [Sl 90: 12]
 
Mas, a vida também é muito incerta. Eu posso ter muito menos do que penso, estar ansioso pelos anos que estão por vir, e ter alguns meses, ou semanas, ou dias para viver!
Lembro-me de uma mulher que disse, que algum dia ela iria começar a frequentar a igreja da nossa aldeia. Ela estava na meia idade e vivia uma vida tristemente perversa e abandonada; ela pensou que tinha tempo suficiente e de sobra para pensar em assuntos mais sérios.
Realmente ela veio logo depois para a igreja da nossa aldeia; mas como veio?
Ela foi carregada nos ombros dos homens e deixada na sepultura silenciosa. Apenas seis semanas se passaram desde o dia em que ela prometeu, que em algum momento iria começar uma nova vida.
"Não te glories do dia amanhã, porque não sabes o que trará à luz."  [Pv 27: 1]
 
Deixe-me considerar como posso tirar o melhor proveito da vida e melhorá-la com maior vantagem.
Preciso colocar em prioridade as melhores coisas. Muitas pessoas trabalham arduamente cedo e tarde, no entanto finalmente descobrem que o lucro foi pequeno, porque negligenciaram o principal.
"Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?"  [Mc 8: 36]
"... pouco é necessário ou mesmo uma só coisa..."            [Lc 10: 42]
"buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”. [Mt 6: 33]
 
Portanto, antes de tudo devo ter certeza da minha salvação. Eu devo ir a Cristo; confessar os pecados da minha vida passada e procurar ser purificado em Seu precioso sangue.
Preciso pedir a presença e o poder do Espírito Santo para me renovar para a santidade, devo vigiar meus pecados assediadores, andar diariamente diante de Deus e esforçar-me para fazer as coisas que são agradáveis ​​aos Seus olhos.
Eu tenho que buscar continuamente a Palavra Sagrada de Deus, e orar por graça dia após dia, para seguir os passos do Bom Pastor.
 
Meu objetivo deve ser o do apóstolo:
"Porquanto, para mim, o viver é Cristo, e o morrer é lucro".  [Fp 1: 21]
"Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos"...   [Rm 14: 8]
 
Se eu fizesse o melhor uso da vida, deveria observar os momentos e as horas que voam - devo evitar toda preguiça ou ociosidade; não devo perder tempo em excesso de sono, ou em alegria sem lucro.
Eu devo fazer com todo o coração e todas as minhas forças, qualquer que seja o trabalho que esteja diante de mim; preciso cultivar o hábito de preencher os nichos do tempo, por meio de leituras saudáveis ​​ou conversas que possam edificar os outros. Preciso ter um cuidado especial, para gastar bem meus domingos e minhas horas de lazer.
 
Meu esforço constante será conseguir tudo de bom que eu puder, e fazer todo o bem que puder.
Eu posso estar aprendendo algo todo dia que me ajudará na batalha que tenho que lutar, e no trabalho que tenho que fazer.
Eu posso ser capaz de ajudar os outros de alguma forma; posso aliviar algum coração sobrecarregado e triste com algumas palavras gentis, encontrar trabalho em alguma porção da vinha do Senhor, ensinar os jovens, ou visitar os doentes, ou ler um capítulo da Bíblia para um idoso.
Farei o que puder e pedirei a Ele, cujo nome é Conselheiro, que me mostre o trabalho que Ele tem para eu fazer. Assim, confio que minha vida não será perdida.
Quando estiver deitado em meu último lugar de descanso terreno, confio que meu espírito estará com Cristo no paraíso, e embora eu possa fazer muito pouco em comparação com muitos outros, confio que Ele me dirá finalmente:
"Disse-lhe o Senhor: Muito bem, servo bom e fiel; foste fiel no pouco, sobre o muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor”.  [Mt 25:23]
|George Everard
Enviado por Silvio Dutra em 03/10/2021
Alterado em 03/10/2021
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras